Terceira idade em Gramado: melhores atrações

Terceira idade em Gramado: melhores atrações

A Serra Gaúcha tem atrações para todos os públicos. Da mesma forma que a região atrai casais apaixonados, ela também oferece programas para crianças e idosos em busca de diversão. Hoje vamos apresentar alguns dos melhores roteiros para a terceira idade em Gramado. Confira nossas sugestões e prepare as malas!

Melhor época para viajar a Gramado

As paisagens da Região das Hortênsias são encantadoras o ano todo. Ou seja: qualquer mês pode render momentos inesquecíveis! Só que a cidade de Gramado-RS costuma registrar temperaturas extremas em algumas épocas, então o passeio ao ar livre pode não ser aconselhado.

Dica: Guia completo sobre Gramado: tudo que você precisa saber!

Por exemplo, o inverno chega a ter temperaturas negativas. Não é à toa que turistas do Brasil inteiro busquem esse destino à procura de neve. Cenário bom para tomar um chocolate quente, mas péssimo para quem tem a saúde frágil. Ninguém merece pegar uma pneumonia por causa da friagem, né?

O oposto também acontece. No auge do verão, entre o fim de dezembro e meados de fevereiro, o sol forte de Gramado eleva bastante os termômetros. Aí, quem tem alterações de pressão ou alguma cardiopatia pode se incomodar.

Vale lembrar que os períodos de frio e calor coincidem com férias escolares. Assim, se não bastassem as condições climáticas inóspitas, as ruas ficam apinhadas de famílias inteiras. Como alguns idosos têm mobilidade reduzida, é melhor visitar a cidade quando houver menos movimento.

Diante dessas questões, sugerimos o outono e a primavera como as estações ideais para programas da terceira idade em Gramado. Os meses de março, abril, maio, setembro, outubro e novembro mantêm temperaturas mais amenas, além de serem considerados baixa temporada.

Você vai se surpreender com as belezas naturais. No outono, muitas árvores ganham um dourado supercharmoso. Já na primavera, a floração das plantas pinta tons únicos no entorno. Aproveite!

O que fazer em Gramado na terceira idade

Agora que já explicamos qual é a melhor época para visitar Gramado, vamos à lista de atrações para vovôs e vovós. Nossas sugestões incluem História, cultura e muita comida boa. Acompanhe.

Lago Negro

Lago Negro Gramado
Lago Negro em Gramado

A primeira parada é um cartão-postal gramadense. O Lago Negro tem esse nome por causa da Floresta Negra, da Alemanha. Vieram de lá as árvores que adornam a margem do espelho d’água.

Quem tem disposição pode dar uma caminhada pelo lugar ou, ainda, fazer um passeio de pedalinho. O aluguel das embarcações é ali mesmo, sem reservas.

Para os que preferem apenas admirar a paisagem, vale realizar um piquenique ou comprar uma lembrancinha nas redondezas. Sempre tem um artesanato para levar de recordação.

  • Horário dos pedalinhos: Diariamente, das 8h30 às 18h
  • Ingressos: A visitação ao local é gratuita

Bustour

Roteiro de fim de semana em Gramado
Bustour em Gramado e Canela

Uma maneira bem cômoda de conhecer Gramado e Canela é com a linha turística Bustour. O ônibus de dois andares percorre mais de 30 pontos de visitação. Pegue seu casaquinho, suba ao nível superior e veja tudo de um ângulo privilegiado!

Dica: City Tour Bustour: tudo que você precisa saber para aproveitar

Durante o trajeto, uma narração conta curiosidades sobre cada lugar. Se você tiver vontade de esticar a parada, pode descer tranquilamente. O ônibus segue o caminho, mas seu ticket vale para o dia inteiro. É só embarcar no próximo veículo e continuar a rota. Suba e desça quantas vezes quiser para montar o próprio roteiro. 😉

  • Horários: Diariamente, das 8h55 às 19h (horários variam conforme a parada)
  • Ingressos: Compre aqui

Tour Linha Bella com almoço italiano

Tour Linha Bella com Almoço Italiano em Gramado
Tour Linha Bella em Gramado

Do ônibus de dois andares, passamos para a jardineira. Esse meio de transporte vai nos levar numa viagem ao passado, até o tempo em que os primeiros imigrantes europeus chegaram a Gramado.

Dica: Restaurantes em Gramado: confira os melhores

O tour circula pelas rotas rurais do município. É possível conversar com os colonos e, claro, experimentar os quitutes produzidos na região.

O ponto alto do passeio é o almoço ao estilo italiano. Os pratos típicos são preparados em fogão à lenha, tal como a nonna fazia.

  • Horários: Segundas, quartas e sextas, a combinar (duração aproximada de seis horas)
  • Ingressos: Compre aqui

Tour Olivas de Gramado + café da colônia

Café colonial em Gramado

Gastronomia é mesmo o forte de Gramado. Prova disso está neste outro passeio, que começa por um parque com mais de 12 mil oliveiras plantadas. A vista lá de cima já seria espetacular, mas fica ainda melhor com a degustação de azeites e infusões produzidos no local.

Na segunda parte, tem mais comida. Dona Zulmira recebe os visitantes com pão quentinho, geleias, manteiga, queijo e salame. O lanche da tarde é embalado por canções típicas da comunidade italiana. 

  • Horários: Quintas e sábados, a combinar (duração aproximada de seis horas)
  • Ingressos: Compre aqui

Vinícola Jolimont

Vinícola Jolimont em Canela

Agora é hora de explorar o interior de Canela, município vizinho a Gramado. É lá que fica a Vinícola Jolimont, umas das primeiras propriedades viticultoras das redondezas.

Fundada por um francês, em 1982, a marca tem até rótulo premiado em festival internacional. O público da terceira idade adora. Afinal, não dizem que vinho faz bem para o coração? Então, nada melhor que experimentar um pouquinho, né?

A imersão pela Jolimont inclui uma breve aula sobre o processo de fabricação da bebida. Depois, tem prova de sete produtos diferentes, entre vinhos e espumantes.

Leia também: Vindima: como aproveitar a colheita das uvas na Serra Gaúcha

  • Horários: Diariamente, das 9h às 17h (duração aproximada de uma hora)
  • Ingressos: Compre aqui

Tour Uva e Vinho e Trem Maria Fumaça

Trem Maria Fumaça

E que tal encerrar sua estada na Serra Gaúcha com um passeio de trem? A Maria Fumaça circula por Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa, três cidades que também cultivam as tradições da imigração europeia. Quem se hospeda em Gramado ou Canela pode pegar um transfer até lá.

A locomotiva se desloca num ritmo calmo, dando oportunidade para os passageiros admirarem as paisagens bucólicas. Para completar, as paradas nas estações proporcionam ótimos momentos de confraternização, cantoria e comilança.

Dica: Guia completo sobre o passeio da Maria Fumaça

O tour ainda reserva outras experiências, como as visitas à Vinícola Aurora e ao Parque Epopeia Italiana. Nele, você conhece cenários surpreendentes, incluindo a réplica de um navio que transportou os primeiros imigrantes até o Rio Grande do Sul. Quanta emoção!

Por fim, tem passagem pela Malharia G´Dom e pelo showroom da Tramontina. É a chance de adquirir produtos de qualidade a preço de fábrica.

  • Horários: Domingos, quartas, sextas e sábados, a combinar (duração aproximada de 12 horas)
  • Ingressos: Compre aqui

Viu como não tem idade para conhecer Gramado-RS? Esperamos que as dicas de hoje sejam úteis para você viver histórias inesquecíveis. Se quiser mais informações sobre a Serra Gaúcha, siga de olho no nosso blog. Até a próxima!