Pórtico de Gramado

Corpus Christi em Gramado: quais passeios fazer e que lugares visitar

Cidade está preparada para receber públicos de todas as idades no feriadão

Chegando o feriadão de Corpus Christi e você escolheu Gramado como seu destino para esses dias de descanso. Só que pesquisando nas redes sociais e em canais de streaming você viu que tem muitas atividades por aqui. E aí bate a dúvida cruel… O que visitar? O que não posso deixar de fora do meu roteiro? E várias outras mais, certo?

Então deixa que vamos ajudar a montar o roteiro perfeito para você curtir a cidade e a região de forma otimizada e podendo conhecer o máximo de lugares em quatro dias!

Dicas que valem ouro!

  • Leve em conta o tempo de visitação de cada lugar e procure seguir sua programação;
  • Reserve ingressos, passeios e restaurantes com antecedência sempre que possível;
  • Otimize seu deslocamento, crie um fluxo de locais levando em conta a distância entre eles;
  • Traga dinheiro em espécie, pois alguns locais não aceitam cartão nem PIX.
Pórtico da RS 235 – estilo italiando (Foto Cd Guedes)

1º Dia – Chegando em Gramado

Procure chegar cedinho em Gramado. Assim você terá mais tempo para curtir cada local sem ter que sair correndo deles. Nada de perrengue chique, né?! 

Vamos começar por lugares gratuitos? 

Vá primeiro na Igreja São Pedro, que fica bem no centro de Gramado. O templo é da fé católica, abre diariamente e tem entrada gratuita. A torre de 46 metros de altura chama a atenção à distância e sua grande praça em frente conta com esculturas dos 12 apóstolos e um sino que marca as comemorações de 25 anos do Natal Luz de Gramado. Construída em pedra basalto, a igreja conta com vitrais sacros que permitem a luz do dia entrar no ambiente, proporcionando lindas fotos.

De quebra, você ainda pode conhecer a Fonte do Amor Eterno, atração que os apaixonados amam na cidade! Que tal colocar um cadeado na fonte enquanto faz suas juras de amor? Os cadeados personalizados com corações coloridos são vendidos na galeria de lojas ao lado da atração.  

Endereço: Av. Borges De Medeiros, 2659 – Centro

Logo em frente a Igreja São Pedro de Gramado estão a Praça Major Nicoletti e a Rua Coberta. Na praça você vai encontrar pergolados com bancos a disposição para descanso, um lindo jardim com laguinho, Centro de Informações Turísticas e banheiros públicos. Já na Rua Coberta você vai estar cercado de lojas de roupas e calçados e muitos restaurantes com gastronomia de qualidade e das mais variadas opções culinárias. 

Endereço: Rua Madre Verônica – Centro

A partir desse ponto, você pode usar o Bustour para seguir com seu passeio pela cidade. Isso vai ajudar no seu deslocamento entre as atrações turísticas, já que ele leva à mais de 40 delas em sua rota. Na Av. das Hortênsias, 1845, (em frente a loja da Brocker Turismo em Gramado) está a Parada 15 do Bustour. Você pode comprar seu ingresso aqui ou diretamente com um dos monitores no ônibus. 

Dica: Tudo que você precisa saber sobre o Bustour

Partindo do centro de Gramado, vá para o Mini Mundo, um parque de miniaturas onde tudo é 24x menor do que o real. Você vai ver réplicas fiéis de castelos, trens, palácios e ruas de atrações do mundo todo! Reserve seu ingresso com antecedência

Após a visita ao Mini Mundo, você pode ir até o Lago Joaquina Rita Bier que fica bem pertinho. O acesso é gratuito! Este é o local onde por muitos anos ocorreu o espetáculo Nativitaten do Natal Luz de Gramado. A partir de 2022 o show passa para outro local, mais amplo e com estacionamento.

Endereço: Rua Horácio Cardoso, 291 – Planalto

Calendário: conheça os eventos de 2022 em Gramado e Canela.

Lago Negro é o ponto turístico mais visitado!

A partir do Lago Joaquina, você pode ir para o Lago Negro. Esse é o ponto turístico mais visitado de Gramado. O local não cobra ingresso e é encantador. É comum ver famílias, casais, amigos e até mesmo viajantes solo passeando no seu entorno. A dica é contratar um pedalinho e dar uma volta no lago. Você aluga lá mesmo, diretamente no pier. Se pedalar não está no seu desejo, de uma volta caminhando pela calçada que circunda a atração ou no carrinho elétrico com motorista, que você também paga o ingresso diretamente no Lago Negro.

Rua Torta fica no centro da cidade (Foto Cleiton Thiele)

Na volta para a área central de Gramado é hora de visitar a Rua Torta. A rua mais famosinha de Gramado caiu nas graças dos viajantes por ser super instagramável. Não importa se é de dia ou de noite, sempre vai ser um ponto de parada para fotos perfeitas. Caso não queira pegar ela muita cheia de pessoas, vá primeiro lá, preferencialmente antes das 8h da manhã!

Na esquina em frente a Rua Torta está a Praça das Etnias. Como seu nome mesmo diz, esta praça faz uma homenagem às etnias que colonizaram Gramado no final dos anos 1800. Italianos, alemães e portugueses foram fundamentais no início da história da cidade e por isso seu legado ficou eternizado nessa praça pública, que também tem acesso gratuito. Na Praça das Etnias você encontrará feira de artesanato local, a casa típica da arquitetura italiana, uma loja de produtos coloniais e um setor de fornos de barro, onde são produzidos os tradicionais pãezinhos com linguiça e as deliciosas cucas. Se quiser provar o que é feito pelos colonos, leve dinheiro com você, pois tanto nos fornos quanto na lojinha, só aceitam pagamento em espécie. 

Praça das Etnias homenageia alemães, italianos e portugueses.

É na Praça das Etnias que fica também a Casa do Agroturismo. Nela você pode pegar dicas de passeios que percorrem o interior de Gramado. São 5 roteiros que levam a conhecer as famílias que até hoje se mantêm na colônia de Gramado. Você pode ver a produção de uma cachaçaria artesanal ou de um pomar de frutas vermelhas, por exemplo. Passeios perfeitos para todas as idades. Quer ver os roteiros completos? Clica aqui!

Casinha do Agroturismo também está na Praça da Etnias.

Dica: o que fazer em Gramado em família

Para fechar esse primeiro dia, um jantar especial! Pizza é quase uma unanimidade e em Gramado as pizzarias temáticas fazem sucesso. A Kongo Pizzaria é uma delas. Com o tema de selva e personagens fabulosos, você se diverte enquanto janta. Tem até pizza de carne de jacaré! 

2º Dia – Gramado o dia todo

Para o segundo dia da viagem a Gramado nossa dica é visitar mais parques. na área central está o Mundo do Chocolate, que conta com esculturas feitas com o doce e que reproduzem grandes ícones turísticos do mundo. Consegue imaginar uma Torre Eiffel ou a Muralha da China feita de chocolate? 

De lá, siga para a Aldeia do Papai Noel, a casa do Bom Velhinho o ano inteiro em Gramado! Renas, trenós, fábrica e casa do Noel estão em um lindo bosque no coração da cidade. Mesmo sendo junho, você vai se sentir na época do Natal. 

Endereço: Rua Bela Vista, 353 – Centro.

Quer entrar numa fria? Então aproveite o Snowland! O parque tem neve de verdade em uma montanha onde você pode brincar no maior estilo #letitgo de Frozen. Dá pra patinar no gelo, escorregar no tubing em cima de uma boia. A diversão está garantida. 

Neve de verdade no Snowland.

Endereço: RS-235, 9009 – Carazal.

Outra ótima opção é a de um passeio que tem 100% de aprovação no TripAdvisor. Sim, você leu certinho – 100% de aprovação das pessoas que viveram essa experiência. Estamos falando do Tour Pé da Cascata do Caracol. Neste roteiro você vai chegar até a base da queda d’água que é o 3º ponto turístico mais fotografado do Brasil. A Cascata do Caracol está acessivel pelo parque estadual e também você tem visão dela através dos Bondinhos Aéreos. Mas é com o Pé da Cascata do Caracol que você vai chegar mais perto e ter um ângulo privilegiado e exclusivo.

Pé da Cascata do Caracol (Foto @airbnbcanela)

Depois de um dia inteirinho de diversão, está na hora de recarregar as energias com um jantar tradicional em Gramado – a Sequência de Fondue. Tudo começa com um saboroso queijo derretido que é servido acompanhado de pães e legumes, os quais você mergulha no queijo e aí é só correr pro abraço! Delícia. Depois vem as carnes, as quais você vai grelhar sobre uma pedra quente e como acompanhamento molhos picantes, doces e salgados que combinam perfeitamente com cortes de gado, frango e suíno. E por fim vem um rechaud com chocolate também derretido, na companhia dele, frutas da estação e doces para degustar. Uma explosão de sabores em igual. Nossa dica é conhecer os Restaurantes Di Pietro ou Malbec.

3º Dia – Um dia em Canela

Catedral de Pedra de Canela

Bem próximo de Gramado, há apenas 7 km de distância, está a linda cidade de Canela. Com dezenas de atrações, com certeza ela deve estar no seu roteiro neste feriadão de Corpus Christi. Em Canela você pode conhecer o Alpen Park, um parque de diversões com trenó alpino, montanha russa, cinema 4D, tirolesa e vários outros brinquedos para ativar sua adrenalina.  

Endereço: Rodovia Arnaldo Oppitz, 901 – São João, Canela 

No mesmo caminho do Alpen Park está a Vitivinícola Jolimont, a primeira da Região das Hortênsias. No Morro Calçado você vai ver as videiras, participar de uma degustação de vinhos e espumantes e ainda levar de brinde para casa uma taça personalizada.

No interior de Canela, Vitivinícola Jolimont

Endereço: Estrada Morro Calçado, 1420 – Morro Calçado, Canela

Mais indicações: 7 pontos turísticos de Canela

Atração recente e que está entre as mais desejadas de Canela, a Skyglass é uma plataforma de vidro que fica a 360 metros de altura do Vale da Ferradura. E como se não bastasse, suspensas sobre a plataforma estão cadeiras onde os corajosos podem sentar para um passeio. Abusado é o nome desse brinquedo que instiga a coragem de quem curte altura. 

Tem coragem de andar no Abusado do Skyglass?

Endereço: Estr. Municipal CNL 350, 9800, Canela

Chegou a noite e é hora de jantar né? Então a dica é uma churrascaria, não tem nada mais tradicional no RS que o churrasco, concorda? A Garfo e Bombacha é referência quando falamos em jantar-show. A experiência gastronômica já começa logo na entrada, onde você será convidado a conhecer o chimarrão – a bebida feita com erva-mate e que é mais consumida pelos gaúchos. O jantar é um buffet de pratos quentes, saladas e sobremesas, acompanhados do autêntico costelão assado na vala e outros cortes de carne. E para completar, ainda tem um show de música e danças do folclore sulista. 

Endereço: RS 466 km 02, Caracol, Canela

4º Dia – ainda tem muito o que fazer

O segredo é pular cedo da cama e você ainda consegue aproveitar a cidade. Coloca no roteiro a visita ao Olivas de Gramado. Com vista para o cânion Pedra Branca, o parque fica no interior da cidade e já se consolidou como um dos pontos turísticos mais lindos da região. Lá você tem a possibilidade de passear por trilhas, visitar uma fazendinha de mini animais, fazer pic nic, tomar um drinque no deck e degustar azeites produzidos por eles.

Parque Olivas de Gramado oferece pic nic

Endereço: Rua Vereador José Alexandre Benetti, 1808 – Linha Nova, Gramado

Na volta do Olivas a sugestão é almoçar no Villa Itália. O local é um museu e cantina e está no local que foi o Marco Zero de Gramado. Inclusive um memorial conta essa história. No cardápio do almoço você vai ter entrada, rodízio de massas e risotos, e sobremesa.

Endereço: Estrada Vereador José, R. Serafim Benetti, 350, Gramado 

Você viu que tem muita coisa para fazer em Gramado e Canela, mas se organizar direitinho dá para aproveitar tudo sem ter que correr. 

E se você ainda tem alguma dúvida, fique à vontade em nos chamar no whats. Vai ser um prazer ajudar a criar um roteiro especialmente para você. 💚